Central de agendamento: 11 2528-0070

Onicofagia Infantil

O termo "Onicofagia infantil" é um hábito muito conhecido, que geralmente está associado à necessidade de suprir alguma falta, para se acalmar, para lidar com a ansiedade e o medo ou, até mesmo, como um ato involuntário.

O hábito de roer unhas precisa ser investigado e quais os motivos que o levaram a desenvolver este hábito, pois ele pode estar escondendo questões maiores. Apesar de parece um gesto habitual, isso tem consequências negativas sobre o desenvolvimento da criança, sobre a sua saúde bucal e sobre a sua autoestima, sem falar que em casos extremos pode até sofrer problemas mais sérios nas unhas.

A onicofagia não é uma doença, mas um mau hábito que tem uma origem nervosa. Pode ser que a criança esteja estressada, que tenha ansiedade ou que esteja passando por um momento difícil de entender como uma mudança de escola, da chegada de um novo irmão ou da morte de um familiar.

As principais causas da onicofagia nas crianças, são:
1 - Estresse;
2 - Ansiedade;
3 - Tédio;

A onicofagia pode ocasionar diversos problemas de saúde nas crianças, em maior ou menor intensidade. As principais consequências desses hábitos, são:

Problemas dentários;
Problemas digestivos;
Problemas dermatológicos, sendo eles: - Infecção bacteriana nos dedos. Normalmente nascerá debaixo da epiderme, devido à entrada da saliva através da pele. Por conseguinte, ocorre a inflamação nos dedos e torna doloroso (ou difícil) o seu uso. - Dependendo da gravidade, em longo prazo, a onicofagia pode chegar a deformar os dedos e o crescimento das unhas, e inclusive, ocasionar uma perda permanente da unha.
Infecções ulcerosas que podem persistir mesmo se as unhas forem arrancadas, mordendo ou machucando a pele da região. Isso pode causar feridas facilmente infecciosas devido à grande quantidade de germes presentes na saliva.

we.digi - agência digital
Copyright © 2019 Todos os direitos reservados: Yumi Ikeda